Cavalo


www.RecadosOnline.com

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Concluindo sobre o movimento tridimensional

De acordo com o capítulo 3: Plasticidade Neuronal e Equoterapia: Relato de Embasamento Teórico-experimental, por Gabriele Brigitti Walter, na página 34; ..." O estudo das emoções suscitadas durante uma sessão de equoterapia ou de equitação...permite, portanto, trabalhar de forma a desencadear ações sensoriais ou motoras específicas, direcionando a plasticidade neuronal..." Organizar esses conhecimentos em reflexos condicionados, ações automáticas, conhecimento e reconhecimento da ação pela reação, tanto no homem como no cavalo, fornece as informações necessárias para o trabalho de direcionamento da neuroplastia."
No capítulo 1, página 10, a autora fala que durante o deslocamento, o cavalo produz, em seu dorso, movimentos no sentido vertical (para cima e para baixo), horizontal (para frente e para trás) e lateral ( para direita e para esquerda), que são transmitidos para o praticante. A cada passo, o centro de gravidade é deslocado de sua linha média, provocando um desequilíbrio que por, conseguinte, força e reequilíbrio, proporcionando a restauração do centro de gravidade na base de sustentação. Dessa forma, o sistema vestibular é permanentemente solicitado, o que estimula de modo contínuo suas conexões entre canais semicirculares, em que as células ciliares e otólitos captam as oscilações da endorfina provocadas pelos movimentos da cabeça, com o cerebelo, tálamo, o córtex, a medula espinal e os nervos periféricos no sentido ascendente e descendente (Ladislau et al., 2000). Ou seja, ao se deslocar a passo, o cavalo torna rítmico o ajuste tônico (movimento automático de adaptação) do cavaleiro, exigindo que  este adapte seu equilíbrio a cada movimento (Lermontov,2004).
Podemos concluir que o trabalho do movimento tridimensional aciona sistemas funcionais que reagem aos estímulos de ação e reação voluntários e involuntários, no contexto físico-motor, emocional que vão refletir na habilitação e reabilitação, educação e reeducação, de padrões comprometidos no indivíduo em sua totalidade biopsicossocial.