Cavalo


www.RecadosOnline.com

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

A Equoterapia é um método de ganhos integrados

Por meio dos recursos oferecidos pelo cavalo a equoterapia promove uma integração sensorial entre o sistema visual, vestibular e proprioceptivo. Walter, 2013 apud (nascimento et al, 2010).

                                                                      
CAVALO:
 Agente promotor de ganhos integrados 

FÍSICOS


COGNITIVOS


SÓCIO-AFETIVOS


Motta, 2013








                             

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Novo curso sobre Equoterapia com a turma do 6° ano de fisioterapia da UNIFEV


Ministrado pela professora de Fisioterapia Neurológica da UNIFEV,  Adriana da Silva Ganança terapeuta em equoterapia, e a sua equipe o fisioterapeuta e terapeuta em equoterapia Thiago Felicio, a fisioterapeuta da Apae de Barretos Juliana Felicio, o condutor guia e equitador Paulo; como professora convidada (eu) psicopedagoga, terapeuta em equoterapia Luciana  Zanin. 

O curso englobou noções básicas da fisiologia do cavalo, o método da equoterapia e a função dela como tratamento nas patologias neurológicas e outras especificidades para atendimento em diagnósticos diversos.
Um dos enfoques foi o desenvolvimento psicomotor na psicomotricidade favorecido pelo movimento tridimensional como recurso oferecido pelo cavalo.
Parabéns a todos os envolvidos foi um sucesso!!!
Cavalos evoluindo seres humanos!!!!

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

FAMERP- Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto e Equoterapia Jockey Club

Aula ministrada pela profissional Luciana Renata Zanin, sobre a intervenção psicopedagógica na equoterapia. Formada em Pedagogia, Especialista em Neuroeducação, Equoterapia, Psicopedagogia.
Professora convidada Adriana Ganança, Psicóloga, Fisioterapeuta, Especialista em Equoterapia, Especialista em Fisioterapia Neurológica e Bobath, Mestre em Ergonomia pela Unesp, Paulo equitador e condutor guia da equipe. Realizado no espaço da Equoterapia Jockey Club, devidamente filiado a Ande Brasil (Associação Nacional de Equoterapia), Foi um prazer receber vocês, compartilhar conhecimento para garantir a evolução do nosso crescimento..."Cavalos evoluindo pessoas"







terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Psicologia e o Cavalo

Freud recomendava o cavalo para casos de histeria e de insônia.
"É o único movimento que se assemelha ao movimento do útero materno"

Winnicott- visão de objeto transicional - cavalo (facilitador de novas condições, de novas experiências) A relação com cavalo é de troca= formação de vínculo afetivo.

Para Jung a nossa relação com o mundo é por meio de símbolos (arquétipos- ideias) Um dos arquétipos mais fortes para a teoria Jungiana é o cavalo. Ele evoca poder, força, autoridade, transmite em quem monta a sensação de controle e domínio.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Um dos berços da minha formação em Equoterapia...eu ajudei...compartilhe e ajude a ajudar.

http://www.kickante.com.br/campanhas/com-voce-o-passo-passo-em-nova-casa

 
IMPORTANTE O Instituto Passo a Passo Equoterapia, entidade sem fins lucrativos, vai precisar sair do local que estamos há 14 anos, o proprietário pediu o haras. Não queremos parar as atividades um dia sequer pois atendemos mais de 90 pessoas gratuitamente e seus familiares. Estamos lançando a Campanha: Com você o “Passo a Passo” em nova casa! Temos uma meta ousada de arrecadação de R$ 1 milhão para a compra do espaço próprio. Mas temos a certeza que com os amigos, parentes e apoiadores conseguiremos mostrar que uma sociedade civil organizada pode fazer a diferença na vida de muitas pessoas. Pois é isso que o Passo a Passo tem feito nesses anos. A campanha será via internet através da plataforma Kickante (http://www.kickante.com.br/campanhas/com-voce-o-passo-passo-em-nova-casa), de financiamento coletivo. Para colaborar com a ação - e fazer o bem - é muito simples e rápido, leva menos de cinco minutos. COMO COLABORAR Para isso, basta acessar o site e seguir o passo a passo: 1. 1º - http://www.kickante.com.br/campanhas/com-voce-o-passo-passo-em-nova-casa. utilizar a barra de rolagem da página e clicar em Quero Kickar, ou então procurar o nome da campanha Com você o “Passo a Passo” em nova casa; 2. 2º - depois de localizar a ação, assista ao vídeo. Clique em Quero Contribuir! A doação poderá ser feita com qualquer valor. 3. 3º passo, escolha a quantia e siga as recomendações seguintes, é simples e breve; 4. 4º - divulgue entre seus amigos. E tenha a gratidão eterna da Família Passo a Passo; 5. 5º - quando receber o convite de inauguração celebre conosco esta conquista. SOLIDARIEDADE Participe desse movimento coletivo, SOLIDÁRIO e colaborativo para que o Instituto Passo a Passo continue contribuindo para um mundo melhor, com pessoas mais conscientes e desenvolvendo suas competências por meio do cavalo. Mais informações pelos telefones: (11) 4487-2825 e 4534-0333 e pelo site: www.passoapasso.org.br

terça-feira, 24 de novembro de 2015

É isso aí....o trabalho não pode parar....



Projeto de Equoterapia ganha nova sala de espera










Equoterapia: os passos da auto-confiança Fotos por Natália Campanholo





Há um ano a mãe Fernanda Pereira acompanha o filho para tratar a hiperatividade através da equoterapia. “Aqui é bem mais fresquinho e a gente aproveita o tempo para ler ou conversar com as outras mães", afirma





Crianças praticam atividades lúdicas enquanto aguardam atendimento





Ambiente acolhedor oferece mais conforto às mães





Flávia se mudou de Porto Alegre pra cá com o filho para que a criança recebesse atendimento na Equoterapia de Mirassol





























Equipe da Equoterapia de Mirassol

Imagine se toda sala de espera fosse com poltronas espaçosas e coloridas, embaixo de uma mangueira, ao som do canto de pássaros. Pois é neste ambiente que 60 mães de Mirassol aguardam o atendimento de seus filhos, matriculados no projeto de Equoterapia do Município.

O espaço é acoplado a um container, instalado ao lado da pista onde as crianças realizam os exercícios, montadas em cavalos. Enquanto uma parte é atendida, a outra aguarda, realizando junto com as outras profissionais atividades pedagógicas. As mães ficam sentadinhas ao ar fresco, lendo, conversando ou observando o atendimento das crianças.

A mãe Fernanda Pereira folheava uma revista enquanto o filho, Gabriel, era atendido. Há um ano ela acompanha o menino uma vez por semana para tratar a hiperatividade através da equoterapia. “Aqui é bem mais fresquinho e a gente aproveita o tempo para ler ou conversar com as outras mães”.

Dentro do container, as pedagogas realizam atividades lúdicas que trabalham, por exemplo, a coordenação motora das crianças. “Ficou bem melhor com esse espaço. Até pra gente melhorou, porque agora conseguimos trabalhar com as crianças, inclusive durante a espera”, conta a coordenadora do Projeto, Thalita Barguena Ferrari.

Outra mãe que gostou muito da novidade é a do Heitor, de 4 anos. “A ideia é fantástica. A mães ficavam angustiadas em ter que aguardar lá na área do restaurante porque queriam acompanhar o atendimento, espiar a evolução de seus filhos. Aqui ficamos à vontade, descansamos, batemos papo e ficamos muito mais zen”, descreve Flávia Oliveira Rodrigues.

Flávia conta que deixou a cidade de Monte Alegre, em Goiás, e se mudou com a família para Mirassol depois que o Heitor recebeu o diagnóstico de autismo. Há um ano e meio ele recebe atendimento na rede municipal de saúde, que inclui, além da equoterapia, acompanhamento com fono, psicóloga e pedagoga. “O Heitor é outra criança. Fico muito feliz. Hoje consigo ir com ele em qualquer lugar, passear no shopping, num parque. A compreensão dele mudou muito; em um ano e meio é um grande progresso. Esse trabalho que a Prefeitura faz com crianças especiais, se você procurar, talvez não encontre nem nas grandes cidades. A van busca o Heitor na porta da minha casa e ele vai sozinho para a Sala de Recursos. Tudo gratuito”, conclui.

Tratamento terapêutico e educacional, a equoterapia utiliza o cavalo como mediador, atuando em diversas frentes, como saúde, educação e esporte. A proposta é trazer o desenvolvimento biopsicossocial aos praticantes, além de ajudar na recuperação de pacientes com sequelas neurológicas. Para receber atendimento na equoterapia, é preciso ser morador de Mirassol e estar matriculado na rede municipal de ensino. O projeto acontece no Rancho do Ypê (bem próximo de Mirassol), de segunda a sexta-feira, e é mantido pela Prefeitura, em parceria com a Faperp (Fundação de Apoio a Pesquisa de Rio Preto). Cada criança é submetida ao tratamento uma vez por semana, durante 30 minutos, contando com o acompanhamento de fisioterapeutas e psicopedagogas. Além do atendimento, a Prefeitura também oferece transporte para mães e filhos.

Equipe da Equo:


Thalita Barguena Ferrari- Fisioterapeuta e Coordenadora

Luciana Renata Zanin - Psicopedagoga

Iracélia Martins Rodrigues Busquetti - Fisioterapeuta

Priscila Cristina de Souza- Apoio pedagógico

Tatiane Denise Duran- Estagiária pedagogia

Márcio Mereja Junior

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Eudora: O FILME

Eudora: O FILME: EUDORA Há coisas que você não quer acreditar que são verdadeiras, mas elas são, e ninguém está disposto a ensinar. Coisas que fazem você...

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Curso de extensão: Básico de Equoterapia

O curso foi ministrado pela Professora Adriana Ganança, Psicóloga, Fisioterapeuta, Especialista em Equoterapia, Especialista em Fisioterapia Neurológica e Bobath, Mestre em Ergonomia pela Unesp. Realizado no espaço da Equoterapia Jockey Club, devidamente filiado a Ande Brasil (Associação Nacional de Equoterapia), para os alunos da mesma que é professora universitária na Unifev, onde ministra aulas teóricas e práticas de fisioterapia. O público para o curso foram as turmas do penúltimo e último ano de fisioterapia e psicologia. Fui convidada a participar e ministrar uma aula sobre o olhar da equoterapia nos aspectos psicológicos. Foi um encontro produtivo onde houve a teoria e a prática sobre a Equoterapia. Deixando os alunos com gosto de quero mais, sendo os mesmos orientados a prosseguir para os locais de cursos para a formação integral da Equoterapia e suas vertentes.
Obrigada a todos!
Obs: A equipe estava toda organizada para garantir que o curso acontecesse com uma excelente organização e sucesso.
Formação: Fisioterapeutas: Adriana Ganança (psicologa) , Lívia Sensuline, Thiago Felicio,  Condutor guia e treinador de equitação: Paulo.

Aulas Teóricas: Conceito de Equoterapia, indicações e contra indicações, aspectos físicos e psicológicos
Manejo com o cavalo, alimentação, equitação...Atendimento ao praticante e as estratégias utilizadas, encilhamento, qual cavalo usar...

Aulas Práticas: Manejo:Tipos de alimentação, alongamento no cavalo,
Piquete e cavalos em liberdade, banho

Vivência de montaria, lateral, apoio, aproximação, experimentando a sensação do praticante na montaria enquanto cadeirante e outras especificidades

Observação do transpistar, sobrepistar e antepistar; escovação, tipos de alimentação 

Condução de guia, atendimento com praticante como apoio lateral e terapeuta

Condução de banho com praticante

A vivência da experiência do terapeuta e do praticante, 

Alimentação com cenoura conduzida com a Colly muito dócil.

Preparando para o alongamento da Rubi

Mais um pouco de teoria em boa companhia

A Ana passeando pela chácara...ninguém segura. :)

A interação com o ambiente e os outros animais do local com o praticante e o terapeuta é importante para o vínculo e a confiança

Ficar perto e fazer amizade conquistando a empatia 

Equipe e alunos dando uma pausa

Família sempre junto para o elo de ligação importante na evolução do praticante



Grupo dedicado e aplicado

Obrigada aos alunos e a Professora Adriana Ganança da UNIFEV, aos integrantes da equipe da Equoterapia Jockey Club, aos pais que colaboraram , aos praticantes colaborativos.











quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Reabilitação em Multimídia com a Professora Luciana Freire....mais uma técnica para exercitar o cérebro.


Luciana Freire e eu

Eu pude conhecer este método em uma palestra na Famerp e fiquei impressionada com a simplicidade das técnicas e os recursos tecnológicos usados. Muito funcional sendo mais uma forma de reabilitação que agrego a minha carreira profissional. Agradeço a disponibilidade da professora Luciana que veio até nós na Equoterapia Jockey Club para podermos divulgar o método para os pais e cuidadores. Essa parceira deu muito certo. Obrigada e sucesso sempre.
A Reabilitação em Multimídia – Exercício Cerebral consiste em um método técnico/científico que visa à melhoria na qualidade de vida de pessoas portadoras de doenças neurológicas através de recursos computacionais. Benefícios na qualidade de vida do indivíduo de forma a deixá-lo com uma vida mais autônoma e satisfatória...
Quer saber mais entra no link: http://www.reabilitacaomultimidia.com.br/index.php

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Projeto Equoterapia

Motivo da minha ausência

Oi gente...
Estou afastada das postagens porque me encontro em momento de focar nos estudos mais do que nunca...estágios para cumprir e tcc para terminar e com data de apresentação.
Então prometo que volto com as novidades da neuroeducação e equoterapia que são um dos meus títulos desenvolvidos. 
A equoterapia e a deficiência intelectual e um artigo sobre a intervenção psicopedagógica na equoterapia...correria mas que vai super valer a pena...volto em breve com as novidades.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

A Equoterapia de Mirassol, São Paulo vestiu azul nesta data tão querida e estende pra sempre esse apoio a causa♥

ABRIL AZUL
Dia 02 de Abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Dia 02 de Abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Neste dia, vamos iluminar o Brasil de Azul!Participe você também desta Campanha:

Faça uma Self vestindo-se de azul ou com seu local iluminado de azul como fundo, preencha o cartaz anexo com o nome da pessoa ou local, poste no Instagram e no Facebook com #LuzAzul e envie para nós no e mail luzazul@autismoerealidade.org para divulgarmos sua participação.*

Contamos com a sua colaboração!

* Ao enviar sua foto você estará concordando em ceder seus direitos de divulgação para a A&R;

Autismo & Realidade – Associação de Estudos e Apoio 

 http://autismoerealidade.org/noticias/selfie-azul-abril-2015/





quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

A Equoterapia também participa da Reatech/ Inscrições abertas para este ano.

REATECH 2015

REATECH 2015

XIV Feira Internacional de Reabilitação, Inclusão, Acessibilidade e Paradesporto
De: 09/04/2015
a 12/04/2015
Setor: Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade
Local: Imigrantes Exhibition & Convention Center
Cidade: São Paulo
Estado: SP
Site: : http://www.reatech.tmp.br (Inscrições)

SOBRE A FEIRA

ORGANIZADA PELA CIPA FIERA MILANO É CONSIDERADA A MAIOR FEIRA DE REABILITAÇÃO NA

AMERICA LATINA, O EVENTO REUNE AGENCIAS DE EMPREGO (COM MAIS DE SETE MIL VAGAS


VOLTADAS ÀS PESSOAS COM DEFICIENCIA E MOBILIDADE REDUZIDA), INTITUIÇÕES FINANCEIRAS,


FABRICANTES DE CADEIRAS DE RODAS, DEPARTAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS, INDUSTRIAS


FARMACEUTICAS, E DOS SEGMENTOS DE ANIMAIS TREINADOS, APARELHOS AUDITIVOS,


EQUIPAMENTOS ESPECIAIS, MATERIAIS HOSPITALARES, HIGIENE PESSOAL, PRÓTESE E ÓRTESES,

TERAPIAS ALTERNATIVAS, TURISMO E LAZER.

DADOS DA ULTIMA EDIÇÃO

VISITAÇÃO TOTAL: 52.000 VISITANTES

ÁREA OCUPADA: 35MIL M²

ATIVIDADES CULTURAIS E SOCIAIS

SHOWS E DESFILES;

EQUOTERAPIA

TEST-DRIVE DE CARROS ADAPTADOS

QUADRAS POLIESPORTIVAS

SEMINÁRIOS

WORKSHOP

OFICINAS COM PROFISSIONAIS RENOMADOS

*MAIS DE 7 MIL VAGAS DE EMPREGO

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Parceiros fofinhos♥


 Cavalos do Projeto Equoterapia Mirassol

SEGREDO

CHUVA

CAJU

Por que trabalho com Pônei?

O trabalho com pônei me facilita o contato na aproximação...na foto estou abraçada com a fofíssima Chuva nossa pônei muito dócil. Como diz a personagem do desenho Meu malvado favorito 1 Agnes:
Resultado de imagem para meu malvado favorito e o ponei
Agnes e o unicórnio


EQUOTERAPIA E AUTISMO

O desenvolvimento da função motora através da equoterapia é muito significativo em autistas 
e pode ter impacto imediato nos hábitos de independência, sugerindo a necessidade de um trabalho intensivo como meio de ter impacto sobre os aspectos afetivo, cognitivo e também social (FREIRE, 1999).

Este recurso terapêutico pode melhorar as relações sociais de crianças autistas com o

favorecimento de uma melhor percepção do mundo externo e adequação nos ajustes tônico posturais (FREIRE, 2003).

De acordo com Roberts (2002), há semelhanças entre comportamentos autistas e algumas

atitudes do cavalo. Barulhos fortes, mudanças na rotina e ambientes desconhecidos causam
insegurança em ambos, e grande parte da comunicação que eles estabelecem depende de
linguagem corporal.

Eles toleram uma quantidade restrita de contatos físicos, que nunca ocorrem por imposição.

De acordo com este autor, a capacidade instintiva do cavalo de perceber as intenções do
cavaleiro leva o animal a acalmar-se quando montado por um autista. O contato com animais pode gerar troca de expectativas e de representação de regras sociais, quando usado em terapias (WILSON & TURNER, 1998).

E não é só com autistas mas com o praticante que demonstra desconforto com o cavalo maior no começo da terapia: medo, insegurança, baixa estima, sentimento de fracasso (não vou dar conta), o contato visual dependendo do caso já causa uma impressão que vai ser ativada de acordo com o contexto psicológico e comportamental do indivíduo que vem para a sessão. Aos poucos o cavalo maior vai sendo introduzido mais diretamente, até que a doçura, a serenidade, a calma e outras qualidades que pertencem aos grandões também, possam ser vistas e sentidas pelo praticante com segurança.

Nos cursos que fiz os profissionais falaram sobre a andadura do pônei, que seu passo não oferece ganhos físicos e motores como o cavalo. Mas para quem precisa trabalhar alguns aspectos esse é um meio facilitador de iniciar com mais tranquilidade, paciência e segurança. É preciso avaliar o por que (necessidade) e saber bem o propósito da utilização. Mas os grandões não perdem em nada em ser fofinhos!!!♥

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Sobre as estratégias de trabalho...

Sempre que faço cursos reorganizo as minhas estratégias.
No PAEDA (Programa de Atendimento Equoterápico nos distúrbios de Aprendizagem), aprendi que as estratégias são atividades para o trabalho com as habilidades cognitivas que estão na base da aprendizagem e com as habilidades específicas da leitura e da escrita (consciência fonológica).
Tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes com distúrbios de aprendizagem através da Equoterapia. Trabalhando as habilidades cognitivas, de consciência fonológica, auditivas do processamento auditivo central.
É  um trabalho sistêmico, intencional, com propensão à generalização e transferência dos conhecimentos - analogias- Insight, motivação através da exposição dos desejos de cada praticante em relação ao aprendizado e às estratégias terapêuticas. Criatividade e sentimento de "ser útil"- construir.
Habilidades cognitivas que estão na base da aprendizagem: Atenção, memória, percepção, linguagem oral, raciocínio,( noção espacial, temporal, lateralidade, imagem e esquema corporal= Psicomotricidade), desenvolvimento emocional, inteligência emocional, conhecimento de si mesmo.
As estratégias podem ocorrer com cavalos em liberdade; condução terapêutica; manejo= alimentação, limpeza=banho, escovação e  encilhamento; montaria com ou sem autonomia, volteio, montaria com lateral.
O terapeuta deve atuar como modelo, possibilitando exemplos sem exageros; levar em consideração os sentimentos mobilizados pelo grupo, antes de agir; a história individual de cada praticante, o estado emocional e a motivação pessoal no dia do atendimento.
O praticante deve ser responsável pelo seus atos e ações; colaborar com os demais; ter tolerância; valorizar o grupo; aceitar regras.
Existem os 10 critérios que permeiam o trabalho e estão divididos em duas modalidades:
Abordagem direta= S-O-R de Piaget
Abordagem mediada= S-H-O-H-R Feuerstein
O mediador se interpõe entre o organismo que aprende e o mundo dos estímulos, interpretando e dando significado aos estímulos. A aprendizagem é intencional.
Teoria da aprendizagem mediada (EAM), data da década de 50.
Esse material é da apostila do PAEDA curso realizado no Instituto Passo a Passo, pela Fonoaudióloga Claudia Mota e sua equipe. No segundo programa os participantes elaboram estratégias criando suas próprias de acordo com suas necessidades de atendimento.
Esse contexto só é possível porque o cavalo permite esse trabalho ele nos é um companheiro indispensável no dia a dia.
Encilhamento
Cavalo em liberdade: Trabalho em grupo


sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

A tecnologia a favor da educação e dentro da equoterapia

Como investigadora de metodologias para auxiliar na mediação da equoterapia, sempre busco por tecnologias mais contextualizadas dentro do meu foco e procuro orientar os pais a trabalhar certas possibilidades com as crianças em casa. 
Encontrei no tablet um jogo de cavalo que eu sei que sou suspeita...♥ mas vocês que conhecem a equoterapia e gostam ou lidam com modalidades com cavalos vão concordar que é um jogo muito bom. No manuseio do jogo a criança pode trabalhar a percepção visual, auditiva, tátil, emocional;
a responsabilidade de cuidar, competir, colaborar, treinar, de disciplina, coordenação motora fina, lateralidade, direção, criatividade, leitura, escrita para escrever o nome do cavalo, cores, enfim são tantos os estímulos que como qualquer outro jogo, na dose certa sendo usado com regras, para não atrapalhar as outras atividades da criança, poderá ajudar e muito otimizando os estímulos recebidos para a transcendência dos conhecimentos associados a vida da criança em geral.
Estou aguardando os resultados e assim que começar a receber o feedback com os pais conto para vocês. Enquanto isso em alguns possíveis momentos vou cuidar do meu cavalinho virtual "Segredo" rs. Abraço gente.